quarta-feira, 30 de novembro de 2011

FÍSICA QUÂNTICA - "DESAPRENDER PARA COMPREENDER"

(Somos um condensado de vórtices de energias vindas da natureza)

"A Física Quãntica diz que, para compreender o real, é preciso renunciar à noção tradicional de matéria : matéria tangível, concreta, sólida. Que o espaço e o tempo são ilusões. Que estamos ligados ao real de entidades quânticas, que transcendem as categorias de tempo e espaço ordinários. Que existimos através de "alguma coisa" cuja natureza e espantosas propriedades temos bastante dificuldade de aprender, mas que se aproximam mais do espírito que da matéria tradicional"

(Professor Laércio B. Fonseca/Físico)

"FÍSICA QUÃNTICA - A MENOR PARTE DA MATÉRIA NÃO É MATÉRIA"

(A ciência irá comprovar nossa ignorãncia sobre a vida)

Recentemente, físicos do laboratório CERN focaram sua pesquisa para o bóson de Higgs, a partícula que muitos pensam que deu forma ao universo após o Big Bang, e agora estão restritos a uma faixa estreita do espectro de massa para tentar encontrá-la.
Cientistas estão sugerindo que, se a partícula não for encontrada até meados de dezembro, provavelmente vai ficar comprovado que ela não existe, e algum outro mecanismo para explicar como a matéria nasceu no cosmos terá que ser procurado.
GeV, ou giga elétron-volts, é um termo usado na física para quantificar campos de energia das partículas. A procura por Higgs no Grande Colisor de Hádrons (LHC) e no Tevatron (agora fechado, no laboratório Fermilab dos EUA) variou até 476 GeV.
A região de maior massa já foi praticamente descartada, mas o bóson de Higgs ainda poderia estar em qualquer lugar na faixa entre 114 e 141 GeV. Físicos como o italiano Tomasso Dorigo, que trabalha com o CERN, agora dizem que, se existir, o Higgs deve ser encontrado em cerca de 120 GeV, enquanto o pesquisador britânico independente Philip Gibbs chuta 140 GeV em seu site, vixra.org /.
As últimas descobertas sobre a partícula Higgs foram compiladas por duas equipes de pesquisa, ATLAS e CMS, e ambas estão trabalhando duro para tentar completar a análise de dados do colisor até o início de dezembro.
O Conselho do CERN se reúne entre 12 de dezembro e 16 de dezembro e qualquer sinal concreto do Higgs – cuja existência foi postulada há quatro décadas pelo cientista britânico Peter Higgs – será relatado durante a sessão.
A faixa de baixa massa, onde os cientistas sempre pensaram que iriam encontrar a partícula, é também aquela em que seria mais difícil de encontrá-la. Sendo assim, parece pouco provável que ela seja descoberta em breve, e pode ser que realmente não exista.
A partícula é parte do modelo padrão da física de partículas que procura explicar como o universo funciona em seu nível mais básico, mas ela é quase o único elemento do modelo cuja existência ainda não foi provada.
Se não for encontrada, os cientistas precisarão explorar o próximo conjunto de possibilidades para explicar o universo.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

"ALERTA - BRASIL TERÁ 520 MIL NOVOS CASOS DE CÃNCER EM 2012"

.(ALIMENTOS COLORIDOS PREVINEM E COMBATEM O CÃNCER)

O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) estima cerca de 520 mil novos casos de câncer no Brasil em 2012. A informação faz parte da publicação Estimativa 2012 - Incidência de Câncer no Brasil, que o Instituto lançou na última quinta-feira (24). Por ser tão importante conscientizar e ampliar o conhecimento da população sobre a prevenção e o tratamento do câncer, o Ministério da Saúde instituiu em 1998 o Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado neste domingo (27).
O aumento de pacientes acometidos pela doença está ligado ao prolongamento da longevidade, de acordo com o gastroenterologista especialista em cirurgia oncológica Dino Altmann.
"As pessoas ficam mais expostas aos riscos de doenças", disse ele. A tendência, segundo a Union for International Center Control (UICC), é do aumento de 50% no número de novos casos de câncer até 2020, com o dobro de casos fatais. No Brasil, a situação pode ser considerada mais grave, pois enquanto nos outros países um paciente tem sobrevida de 12 a 16 anos, aqui este tempo é reduzido para entre 2 a 4 anos.
Para Altmann, a maior incidência de câncer no Brasil e no mundo se deve às mudanças de hábitos da sociedade. Um dos cânceres mais comuns é o de mama, com estimativa de 52.680 casos para 2012 no Brasil, segundo o INCA. "A grande influência é o menor número de filhos, ter filhos mais tarde e amamentar em uma idade avançada", disse. De acordo com o médico, ter filhos entre 20 e 35 anos é uma forma de se prevenir do câncer de mama.
Os tumores de pele, segundo especialista, são os mais comuns. "A situação da camada de ozônio e a exposição por mais tempo ao sol porque se vive mais são fatores de risco", exemplificou Altmann. Ele explicou que a radiação é acumulativa e o sujeito quanto mais velho for, mais chances de desenvolver tumores.
"Não se expor ao sol, usar protetor solar e consultar médicos sobre surgimento de pintas e manchas" são métodos de prevenção.
São esperados 60.180 novos casos de câncer de próstata no Brasil em 2012, segundo o INCA.
A taxa de incidência cresceu cerca de 25 vezes desde 2008 e até 2015, a expectativa é que a taxa aumente cerca de 60%. Em média, 62% dos casos ocorrem em homens com 65 anos ou mais. A ingestão de frutas vermelhas, uva e outros alimentos com licopeno é uma forma de evitar a doença.
Previna-se
Segundo dados divulgados pelo Hospital São José, cerca de 30% das mortes por câncer são causadas por cinco fatores de risco no comportamento e na dieta: alto índice de massa corporal, baixo nível de ingestão de frutas e legumes, falta de atividade física, tabagismo e consumo excessivo de álcool. Mais de 30% dos casos da doença poderiam ser evitados modificando ou evitando esses fatores de risco.
O nutrólogo Durval Ribas Filho explica que o câncer tem uma ligação direta com os alimentos. "Uma dieta rica em lipídios está relacionada ao câncer de mama, uma dieta rica em álcool está ligada ao câncer no sistema digestório, rica em alimentos com corates e flavorizantes pode atingir diversos órgãos", disse ele. O médico alertou que quem come bacon cinco vezes ou mais por semana, tem mais chances de desenvolver câncer de bexiga. "O problema é o consumo em excesso de certas substâncias".
A ideia de que um prato saudável precisa ser colorido tem fundamentos. Segundo Ribas Filho, cada pigmento em frutas, legumes e verduras tem um tipo de antioxidante. Uma refeição composta por cinco cores, sem dúvida ajudará a pessoa a não só se prevenir contra o câncer, mas como de outras doenças também.
Os alimentos vermelhos em geral, como tomate, goiaba vermelha, melancia, cerejas, pimentão vermelho, açafrão, páprica, entre outros, contêm antioxidantes como os flavonoides e o licopeno. "Esses alimentos, juntamente com os ácidos graxos monoinsaturados (como o azeite de oliva), isoflavonas (soja) também atuam na prevenção de tumores, particularmente os de mama, próstata e intestino", disse o médico Dino Altmann.
Segundo o gastroenterologista, uma alimentação errada e desregrada e o consumo de bebidas alcoólicas estão entre os causadores de câncer. Fumantes também possuem mais chances de desenvolver a doença do que os não fumantes. Pessoas com histórico familiar de câncer, que sofrem de pancreatite crônica ou de diabetes melitus, que foram submetidos a cirurgias de úlcera no estômago ou duodeno são mais predispostas à doença.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

PESQUISA - "FRUTAS EM EXTINÇÃO SÃO POTENTES CONTRA DOENÇAS CRÔNICAS"

(Gabiroba Madura)

Gabiroba, guapeva e murici são frutas comuns no na região Centro-Oeste do Brasil. Mas, apesar da crença popular de que teriam efeitos positivos na saúde humana, nunca foi descrito na literatura o potencial anti-inflamatório e antioxidante dessas espécies. 

Um estudo pioneiro associando ciência de alimentos e saúde apresenta resultados positivos em relação ao potencial biológico destas frutas. Diante da comprovação, se utilizadas nas indústrias farmacêutica, alimentícia e cosmética, elas devem contribuir no combate ao desenvolvimento de doenças crônico-degenerativas, tais como câncer e diabetes. " As frutas podem ser usadas tanto na forma in natura ou como ingredientes funcionais nessas indústrias" , ressalta a autora do estudo, Luciana Malta.

Essas frutas, devastadas durante o processo mecanizado de " limpeza" e adubação da terra no cerrado, poderiam mudar a história de muitas pessoas na luta contra o câncer e outras doenças. Comparadas a outras drogas já conhecidas no mercado, as frutas apresentaram alto potencial, segundo Luciana, podendo ser usadas no enriquecimento de produtos comestíveis pela indústria alimentícia.

" Além disso, seus compostos ativos poderiam ser retirados e encapsulados pela indústria farmacêutica, já que não observamos nenhum nível toxicológico ao testar os extratos em animais" , enfatiza.

Ao aplicar os extratos das frutas em diferentes células cancerígenas humanas, obtidas no banco de células do Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA), Luciana também observou um alto potencial anticâncer.

" As plantas impediram o crescimento celular" , reafirma.

Esse resultado motivou o desenvolvimento de pesquisas com pacientes com câncer do Hospital das Clínicas da Unicamp, em um projeto de pós-doutorado também orientado por Gláucia Pastore. Por não terem sido tóxicas aos animais utilizados na pesquisa e fazerem parte da alimentação da população da região do cerrado, as frutas podem ser testadas em seres humanos com segurança, se consumidas na dose certa, segundo Luciana.

As espécies também demonstraram potencial superior quando comparadas com frutas estudadas nos Estados Unidos, onde Luciana realizou doutorado-sanduíche pela Universidade de Cornell, sob coorientação do professor Rui Hai Liu. " Algumas atividades mostraram que as espécies analisadas são cem vezes mais potentes que outras tidas como frutas de alta atividade" , acrescenta Luciana. De acordo com a pesquisadora, o extrato da casca de guapeva demonstrou alto potencial nos testes in vivo, enquanto a gabiroba foi eficiente em avaliações in vitro.

A parte da pesquisa realizada nos Estados Unidos é inédita, segundo Luciana, e permite que os resultados de experimentos com células sejam obtidos em 24 horas, utilizando uma quantidade mínima de extrato de frutas. " Não é considerada uma análise in vivo, mas ofereceu os mesmos resultados das análises realizadas em animais. Então por que utilizar tanto animal e extrato, se com as células consigo o mesmo resultado?" O método utilizado nos Estados Unidos foi trazido por ela ao Brasil para testar frutas e vegetais brasileiros.

Diante dos resultados, Luciana acentua que a pesquisa não pode ser engavetada, mas sim abrir caminho para que outros testes sejam realizados e os resultados aprimorados até chegarem à fase de produto disponível para a população. Um dos próximos passos é definir a quantidade ideal a ser consumida. " Tudo tem um limite para ser consumido, senão o organismo pode sofrer também com o excesso de algumas propriedades contidas nos alimentos. Então, é preciso avançar na pesquisa" , esclarece.

Devastação

Assim como gabirobas e guapevas, outros vegetais podem estar em risco de extinção no cerrado, devido ao processo acelerado de ocupação agrícola e à exploração extrativista e predatória. As baixas são significativas nas safras dos produtos e há dados de que cerca de 40% do bioma já tenha sido desmatado. O grande apelo do trabalho, na opinião de Luciana, é para a biodiversidade brasileira. " Estamos perdendo esses vegetais e a cura de muitas doenças pode estar nessa biodiversidade" , enfatiza Luciana.

Ela informa que, nos últimos 35 anos, mais de metade da extensão original do cerrado foi substituída por plantações de soja e por pastos para a criação de gado de corte. De acordo com um relatório técnico da Conservação Internacional - Brasil, os desmatamentos anuais na região chegam a 1,1%, representando uma perda de 2,2 milhões de hectares ao ano. " Se esse ritmo for mantido, o bioma será eliminado por volta do ano 2030" , adverte.

Ela acredita que os cientistas também precisam chamar atenção para a devastação do bioma do Cerrado. " Para o Centro-Oeste, principalmente para fazendeiros, vale mais a pena devastar a vegetação e fazer um pasto que manter as frutas.

O próximo passo é fazer com que a população se conscientize da importância da manutenção deste bioma. Agora temos dados científicos para chamar atenção tanto da população como também do próprio governo do Centro-Oeste" .
Luciana acrescenta que o bioma Cerrado possui uma diversidade grande de frutos importantes na sustentabilidade da região.

Com esta enorme biodiversidade criou-se uma tradição de uso de espécies alimentícias, medicinais, madeireiras, tintoriais e ornamentais. As frutas nativas são comercializadas e consumidas in natura ou beneficiadas por indústrias caseiras na forma de sucos, geleias, sorvetes e licores. " O Brasil precisa conhecer melhor sua biodiversidade. Muitos dos frutos do país ainda são desconhecidos ou pouco utilizados" , pondera.



fonte:http://www.isaude.net/

domingo, 13 de novembro de 2011

EPIGENÉTICA - "ESQUIZOFRENIA TAMBÉM TEM ORIGENS EXTERNAS"



(80% de suas informações genéticas vem de fora de você..diariamente)

Um estudo do Instituto de Psiquiatria do King's College London mostrou que apesar da hereditariedade exercer forte influência em casos de esquizofrenia e bipolaridade, nem sempre os distúrbios se manifestam em gêmeos idênticos, o que indica que outros fatores, além dos genéticos, talvez estejam envolvidos nos transtornos. 

Para chegar a essa conclusão, o psiquiatra Jonathan Mill analisou o DNA de 22 pares de gêmeos univitelinos, o que descarta interferências genéticas, sendo que um de cada dupla apresentava esquizofrenia ou transtorno bipolar, e comparou com o DNA cerebral de pessoas saudáveis e com o de outros voluntários que tinham algum tipo de psicose.

O objetivo da pesquisa era investigar o impacto das mudanças epigenéticas – alterações que não influem na sequência do DNA, porém deixam marcas químicas.

(Embora o pesquisador não tenha encontrado modificações no conteúdo total da metilação do DNA – um forte indicador de alteração epigenética –, entre os irmãos, foram observadas diferenças associadas aos distúrbios em locais específicos do genoma.

Além de reforçar a ideia de que essas mudanças podem estar envolvidas num largo espectro de transtornos psiquiátricos, a descoberta corrobora publicações anteriores que mostram que as alterações estão associadas a uma série de processos biológicos e cognitivos, incluindo dependência química e neuro degeneração.)

Mill acredita que os resultados são animadores: “Nosso estudo sugere que não só as alterações genéticas são importantes. 


As diferenças epigenéticas que observamos podem revelar mais sobre as causas da esquizofrenia e do transtorno bipolar, uma vez que algumas alterações eram específicas de cada doença. 

Além disso, esses processos são potencialmente reversíveis, o que pode significar um avanço no desenvolvimento de futuros medicamentos”.


Fonte: http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/origens_da_esquizofrenia.html

terça-feira, 8 de novembro de 2011

ALERTA - "CHURRASCO E CÂNCER, UMA PARCERIA ANTIGA MAS SÓ AGORA CONFIRMADA"


 (CARNES BEM PASSADAS, RISCOS SUBESTIMADOS) 

Antes de adicionar novas substâncias aos alimentos, cientistas e fabricantes testam essas substâncias em ratos e camundongos.
Isto é feito no pressuposto de que camundongos e humanos metabolizam as substâncias da mesma forma.
Ocorre que os humanos têm determinadas enzimas, importantes para o processamento dos alimentos, distribuídas em muito mais partes do corpo do que os camundongos.
Logo, o risco associado com determinadas substâncias químicas presentes nos alimentos pode estar sendo subestimado.
Estes são o raciocínio e a conclusão de uma equipe de especialistas do Instituto Norueguês de Saúde Pública.
E os testes não se referem a comidas industrializadas, mas ao que os cientistas chamam de "carnes bem preparadas", feitas segundo as regras de qualquer boa cozinha. Isso inclui frituras e grelhados, como os churrascos.
Tumores intestinais
Os pesquisadores noruegueses encontraram tantas diferenças entre os camundongos usados em pesquisas e os seres humanos que eles precisaram desenvolver um novo modelo para testar as substâncias presentes nos alimentos voltados para consumo humano.
Em vez disso, eles desenvolveram o que chamam de um novo "modelo animal", um camundongo geneticamente modificado para ter um sistema metabólico mais parecido - ou menos diferente - dos humanos.
Os resultados mostraram que a incidência de tumores intestinais passou de 31% nos camundongos mundialmente utilizados nessas pesquisas para 80% no novo camundongo. Assustador !
Ou seja, um grande número de substâncias que está sendo aprovada, ou que é vista como saudável para consumo humano, pode ser carcinogênica.
Mutagênicos alimentares
Os testes foram feitos com carnes cozidas e assadas, tanto carnes vermelhas quanto carnes de peixes.
O aquecimento dos alimentos pode levar à formação de substâncias carcinogênicas, os chamados mutagênicos alimentares, sobretudo em frituras e grelhados.
Há enzimas chamadas sulfotransferases em várias partes do corpo humano, mas elas são encontradas apenas no fígado dos camundongos de laboratório normais.
As sulfotransferases podem tornar algumas substâncias nos alimentos menos danosas, mas também podem transformar substâncias menos danosas em substâncias carcinogênicas.
O novo camundongo possui a mesma quantidade dessas enzimas nos intestinos que os seres humanos, o que resultou em um aumento substancial na ocorrência de câncer quando foram feitos os testes com os alimentos que passaram por fortes processos de aquecimento.
Os cientistas concluem que "os camundongos normais de laboratório não são um bom modelo para avaliar o risco à saúde dos humanos da ingestão de mutagênicos alimentares de carnes bem passadas"

(www.diariodasaude.com.br)

SAÚDE - "O TRIPTOFANO E AS DEPRESSÕES"


(Investindo em seu bem estar)

 O Triptofano é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos.
É um aminoácido aromático essencial para a nutrição humana. Ele é um dos vinte aminoácidos no código genético e vem antes da serotonina. Estudos efetuados indicam também que o triptofano é a substância responsável pela promoção da sensação do bem-estar.

O triptofano absorve luz ultravioleta, possui um anel indólico ligado a um grupo metileno. A cadeia lateral indol incomum do triptofano é também o núcleo do importante neurotransmissor serotonina, que é biossintetizado a partir do triptofano. 
A porção aromática do triptofano serve como um marcador ultravioleta para a detecção deste aminoácido tanto de forma separada, ou incorporado em proteínas e enzimas, através de espectro-fotometria ultravioleta. O triptofano representa cerca de 1% dos aminoácidos das proteínas de nosso organismo: é o mais raro dos aminoácidos na seqüência primária das nossas proteínas. 

Os alimentos ricos em proteínas são boas fontes de triptofano, assim como os ovos, o coco, o peixe e a carne, perú, bananas, tâmaras secas e amendoins.
O triptofano é um aminoácido essencial utilizado pelo cérebro, juntamente com a vitamina B6, a niacina (ou niacinamida) e o magnésio, para produzir a serotonina, um neurotransmissor importante no processo bioquímicos do sono e do humor.     

É importante ressaltar que, embora o triptofano eleve os níveis de serotonina, o seu consumo na forma de lactíneos, peixe, carne etc, não faz efeito significativo sobre a produção de serotonina no Sistema Nervoso Central. Isso ocorre pois o triptofano não é o único aminoacido presente nesses alimentos, assim, há uma "competição" com outros aminoácidos na absorção.

Desse modo a maior parte do triptofano presente nos alimentos não é utilizada, sendo necessária a utilização de suplementos isolados.
No Sistema Nervoso Central (SNC), é um dos responsáveis pela produção de serotonina.

 Níveis baixos de serotonina estão associados à depressão, o triptofano atua como um antidepressivo pois eleva os níveis de serotonina (5HT) no SNC.   
A sua presença no nosso organismo, contribui para induzir o sono de forma natural, reduzir a sensibilidade à dor, atuar como um antidepressivo natural, aliviar as enxaquecas ou dores de cabeça.

Contribui para a redução da ansiedade e da tensão, ajuda a aliviar vários sintomas dos distúrbios bioquímicos relacionados com a ingestão de álcool e no controle do alcoolismo e outras dependências.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

ALERTA - "FICAR MUITO TEMPO SENTADA AUMENTA RISCOS DE CÂNCER DE CÓLON E DE MAMA"



Segundo um novo estudo, a nossa cultura de passar muito tempo sentado pode ser responsável por 173.000 casos de câncer por ano.
As estimativas ligam a inatividade física a 49.000 casos de câncer de mama e 43.000 casos de câncer de cólon por ano só nos Estados Unidos.
Esses cânceres – de mama e de cólon – parecem ser os mais influenciados pela atividade física. Mas as descobertas também sugerem que um número estimado de 37.200 casos de câncer de pulmão, 30.600 casos de câncer de próstata, 12.000 casos de câncer de endométrio e 1.800 casos de câncer de ovário poderiam ser evitados se as pessoas fossem mais fisicamente ativas.
A pesquisa é mais uma de um corpo crescente de estudos que indicam que a postura sentada prolongada tem consequências letais, independentemente do quão ativas são as pessoas no resto do dia.
“Parece altamente provável que, quanto mais tempo você ficar sentado, maior será seu risco de câncer”, disse Neville Owen, especialista em epidemiologia comportamental. “A quantidade de tempo que gastamos em pé e andando torna-se uma pequena taxa das horas acordadas de uma pessoa”, disse Owen.
No entanto, existe uma boa notícia: períodos longos e ininterruptos de ficar sentado são os piores para saúde; portanto, quebrar esses longos momentos com apenas alguns minutos de exercício leve pode diminuir o risco de câncer.
Por exemplo, Owen descobriu que intervalos de um a dois minutos de ficar sentado podem reduzir os níveis de moléculas no corpo que são ligadas ao risco de câncer. Os intervalos foram associados com cinturas menores, menor resistência à insulina (um sinal precoce de diabetes) e menores níveis de inflamação, todos fatores de risco para o câncer.
E atividade física não significa apenas ir para a academia. Os 30 minutos de exercício moderado por dia – a quantidade recomendada de atividade física – faz com que as pessoas sejam realmente ativas apenas 3% do seu dia.
Ao mesmo tempo em que ir para a academia ou fazer exercício físico regular ainda é importante, os especialistas também recomendam que as pessoas façam pequenas pausas de sentar-se durante o dia-a-dia, quebrando os 97% restantes do dia sentado com curtos períodos de atividade que podem proteger contra muitos tipos de câncer.
Em um estudo, mulheres na pós-menopausa que se envolveram em moderados a vigorosos exercícios diários tinham níveis mais baixos de proteína C-reativa em seus corpos depois de um ano, em comparação com mulheres que não praticavam este nível de atividade. Baixos níveis desta proteína têm sido associados a risco reduzido de câncer de mama.
A proteína C-reativa é um marcador de inflamação, uma resposta imune que normalmente ajuda o corpo a combater infecções. Níveis cronicamente altos de inflamação podem danificar as células e possivelmente aumentar o risco de câncer.
Os pesquisadores estimam que o exercício diário reduz o risco de câncer de mama e de cólon em 25 a 30%.
Para que você crie o hábito de não ficar tanto tempo sentado, aproveite algumas das dicas do Instituto Americano de Pesquisa Sobre o Câncer:
• Arrume um despertador para lembrá-lo a cada hora que é hora de levantar-se de sua mesa e fazer uma breve caminhada pelo corredor;
• Em vez de mandar um e-mail para um colega de trabalho, converse com ele ou ela enquanto caminham;
• Se possível, levante e ande um pouco durante as chamadas telefônicas e reuniões;
• Arrume pesos leves para carregá-los na mão durante a leitura de e-mails ou enquanto fala no telefone.

sábado, 5 de novembro de 2011

" DEUS E OS IGNORANTES "

Querem dar ao povo, aos ignorantes, aos pobres de espírito uma ideia do poder de Deus ?


Mostrem-no na sabedoria infinita que preside a tudo, no
admirável organismo de tudo o que vive, na frutificação das plantas, na

apropriação de todas as partes de cada ser às suas necessidades, de acordo

com o meio onde ele é posto a viver.


Mostrem-lhes a ação de Deus na vergôntea de um arbusto, na flor que desabrocha, no Sol que tudo vivifica.

Mostrem-lhes a sua bondade na solicitude que dispensa a todas as criaturas,
por mais ínfimas que sejam, a sua previdência, na razão de ser de todas as
coisas, entre as quais nenhuma inútil se conta, no bem que sempre decorre de
um mal aparente e temporário.

Façam-lhes compreender, principalmente, que o mal real é obra do homem e não de Deus; não procurem espavori-los com o quadro das penas eternas, em que acabam não mais crendo e que os levam a duvidar da bondade de Deus; antes, dêem-lhes coragem, mediante a certeza de poderem um dia redimir-se e reparar o mal que hajam praticado.

Apontem-lhes as descobertas da Ciência como revelações das leis divinas e não como obras de Satanás.

Ensinem-lhes, finalmente, a ler no livro da Natureza, constantemente aberto diante deles; nesse livro inesgotável, em cada uma de cujas páginas se acham inscritas a sabedoria e a bondade do Criador. Eles, então, compreenderão que um Ser tão grande, que com tudo se ocupa, que por tudo vela, que tudo prevê, forçosamente dispõe do poder supremo.

Vê-lo-á o lavrador, ao sulcar o seu campo; e o desditoso, nas suas aflições, o bendirá dizendo: Se sou infeliz, é por culpa minha.

Então, os homens serão verdadeiramente religiosos, racionalmente religiosos, sobretudo, muito mais do que acreditando em pedras que suam sangue, ou em estátuas que piscam os olhos e derramam lágrimas.


(Allan Kardec)

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

"SAÚDE - EM BREVE AS PESSOAS IRÃO PARAR DE FUMAR..FUMANDO !"



Uma empresa dos Estados Unidos está se tornando famosa no ramo da fabricação de cigarros. Mas eles não são apenas um grupo lucrando milhões com doenças de pulmão dos clientes: o cigarro é fabricado para diminuir o vício das pessoas.
A companhia “22nd Century Group”, baseada no estado de Massachussets (EUA), detém 98% da patente de um produto revolucionário. É um cigarro feito com tabaco geneticamente modificado. O sabor, a textura e a sensação proporcionados por esse cigarro são iguais à de qualquer outro. Mas ele tem 97% a menos de nicotina.
A nicotina não apenas é responsável por muitos casos de câncer de pulmão, como também está ligada aos processos químicos no cérebro que dão origem ao vício por cigarros. A criação de um cigarro que “simula” o fumo normal, mas contém quantias irrisórias de nicotina, proporciona uma vantagem dupla. Além de fazer com que as pessoas abandonem pouco a pouco o vício de fumar, diminuem desde o início os impactos negativos no organismo.
A expansão desse cigarro pelos centros comerciais dos EUA faz parte de um pacote de medidas do governo norte americano para reduzir o vício ao fumo. Alguns estudos que visam combater o problema vão receber incentivos de até 2,5 milhões de dólares no próximo ano.
Uma das pesquisas, que começa ainda esse ano, vai acompanhar 500 fumantes nos próximos seis meses. Todos eles vão passar a fumar apenas este cigarro com tabaco geneticamente modificado, e o objetivo dos testes é verificar os efeitos da novidade a longo prazo. Para manter os participantes fumando por todo esse tempo, foram encomendados nada menos de que 1,5 milhões dos novos cigarros.
Além das medidas de incentivo a pesquisa, o governo está buscando medidas para estimular a fabricação e a venda deste produto no futuro. Um órgão oficial, a Food and Durgs Administration (o FDA, que fiscaliza a fabricação de gêneros alimentícios e medicamentos), declarou em relatório recente que 20% dos americanos são fumantes.
Os métodos mais conhecidos para parar de fumar, como explica a entidade, incluem adesivos, fumo de mascar e pastilhas, além de um cigarro “eletrônico” que visa simular a sensação do fumo. Segundo o FDA, nenhum destes mecanismos foi capaz de baixar a taxa de fumantes, que se mantém nestes mesmos 20% desde 2004. Os médicos acreditam que seja o momento de dar chance a esse novo método, e aplaudem o grande volume de incentivo financeiro para novas pesquisas.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

FÍSICA QUÂNTICA - "BEM VINDOS AO FUTURO..PODEM ENTRAR!"



Max Planck estava num passeio pela manhã com seu filho mais velho Karl nos arredores de Berlim em 14 de dezembro de 1900 e o revelou: "Cheguei a um resultado científico tão importante para a Física quanto aqueles alcançados por Isaac Newton a dois séculos". 
Na tarde daquele mesmo dia, Max Planck apresentou seu trabalho à Sociedade Alemã de Física, inaugurando assim uma nova Física, a Física Quântica.
Essa nova teoria estabeleceu uma linha divisória na Física.
Tudo o que existiu na área antes dela é denominado Física Clássica. 
Tudo o que aconteceu depois dela é chamado de Física Moderna.
teoria de Planck, também conhecida como teoria dos quanta foi simples e, também, revolucionária. Tudo a partir de uma idéia bastante interessante: na Natureza, a energia é emitida ou absorvida em quantidades mínimas denominadas quanta, plural de quantum.
Essa hipótese quebrava a ideia clássica, e secular, a qual a energia era transmitida como um fluido contínuo de um sistema para outro, sem qualquer limitação em relação à quantidade.
Cem anos se passaram, os avanços tecnológicos continuaram e tudo isso transformou a vida e os costumes da humanidade.
Nos dias de hoje, praticamente tudo o que melhora a nossa vida provém de tecnologias que provem a partir desse momento de separação entre a Física Clássica e a Moderna, em outras palavras, a partir da Física Quântica.
Os transistores, o laser, os microcircuitos e os nanocircuitos são componentes dos modernos aparelhos que usamos diariamente.
Estão ganhando muita força no mundo todo as pesquisas em Nanotecnologia, um novo rumo da Física Quântica que explora as estranhas peculiaridades do mundo subatômico, implementando dispositivos mecatrônicos com tamanhos da ordem de nanômetros.
Para se ter uma ideia, um nanômetro cúbico corresponde ao volume ocupado por aproximadamente 258 átomos de carbono!
Toda essa tecnologia fundamenta-se nos princípios da Física Quântica...e isto é apenas o começo !